Hengqin prepara base de cooperação judicial China-PLP - Plataforma Media

Hengqin prepara base de cooperação judicial China-PLP

A construção da “Base de Cooperação Judicial entre a China e os Países de Língua Portuguesa” está a avançar sem percalços, anunciou esta semana a agência Xinhua. Uma vez completa, vai servir como importante plataforma de cooperação judicial e de partilha de informação entre as várias regiões, adiantou a agência.

De acordo com a Procuradoria Popular da Nova Área de Hengqin, o órgão judicial já visitou outras bases internacionais semelhantes, recolheu informação sobre os diferentes países lusófonos, determinou o local em que a base será construída e definiu já um plano de execução preliminar.

Segundo a informação disponibilizada, esta base assumirá a responsabilidade de organização de seminários, ações de formação e programas de treino para funcionários de países lusófonos e irá promover o intercâmbio judicial entre as instituições das diferentes regiões.

A Procuradoria Popular de Zhuhai quer também que esta base se torne numa instituição permanente para intercâmbio judicial entre esta cidade e Macau, tal como entre Guangdong e Macau, transformando-a numa plataforma-piloto para a exploração de intercâmbio e cooperação judicial transfronteiriça, com recursos e atividades como investigações, seminários e workshops ao serviço das duas regiões.

A Procuradoria Popular de Guangdong informou também que com a aproximação económica e comercial entre a China e os países lusófonos e o respetivo intercâmbio de funcionários, ambas as regiões irão reforçar as investigações e recolhas de provas em territórios internacionais, resolver disputas transfronteiriças, reduzir os conflitos legais e obstáculos judiciais entre si e partilhar a investigação de casos.

Artigos relacionados
AngolaChina

Diversificação da economia angolana conta com o apoio da China

AngolaMundo

Índia e Angola de mãos dadas para fortalecer a cooperação bilateral em múltiplos domínios

LusofoniaPolítica

Portugal garante 1,8 milhões para 32 projetos de cooperação

EconomiaMoçambique

Moçambique recebeu quase 400 milhões de euros dos parceiros internacionais em ajudas Covid

Assine nossa Newsletter