Negros são 72% dos que abandonam a escola - Plataforma Media

72% dos jovens que abandonam a escola no Brasil são negros

A maioria dos jovens negros afirma ter parado de estudar porque precisava trabalhar

Dos 10 milhões de jovens brasileiros entre 14 e 29 anos de idade que deixaram de frequentar a escola sem ter completado a educação básica, 71,7% são pretos ou pardos. A maioria afirma ter parado de estudar porque precisava trabalhar.

Ainda que o país mantenha desde 2016 lenta tendência de crescimento na taxa de escolarização entre jovens, dados da Pnad Contínua da Educação 2019 mostram que o Brasil não avançou para diminuir a desigualdade educacional entre negros e brancos e homens e mulheres.

A pesquisa anual do IBGE feita em domicílios de todo o país, lançada nesta quarta (15), mostra que jovens negros também passam, em média, quase dois anos a menos na escola (8,6 anos) do que brancos (10,4).

taxa de analfabetismo também é quase três vezes maior entre negros. Quase 10 a cada 100 negros com mais de 15 anos não sabem ler nem escrever, enquanto entre brancos são 3,6% os analfabetos.

Leia mais em Folha de S.Paulo

Related posts
LusofoniaMacau

Marcelo e Ho aplaudem cooperação no ensino superior

MacauSociedade

Novas regras no acesso ao ensino infantil em 2022

MacauPolítica

Educação patriótica tem de ser “bem-ensinada”

Cabo VerdeChina

Autorizado curso de Língua, Literatura e Cultura Chinesa na Univ-CV

Assine nossa Newsletter