A história do português mais influente na ONU antes de Guterres - Plataforma Media

A história do português mais influente na ONU antes de Guterres

victor angelo

Antigo alto funcionário das Nações Unidas, Victor Ângelo foi equiparado a secretário-geral adjunto. Nascido em Évora, foi exilado político muito jovem e regressou logo após a revolução de 1974 a Portugal, tendo ajudado a organizar as primeiras eleições livres. Desafiado pela ONU para um projeto em São Tomé, foi o início de uma carreira muito ligada a África, que o fez conhecer líderes como Machel e Mugabe. Voltou há dias a Lisboa, agora a sua morada permanente ao fim de quatro décadas a viver no estrangeiro.

Sei que esteve na organização das primeiras eleições livres que houve em Portugal, a 25 de abril de 1975 para a Assembleia Constituinte. Como é que foi parar à CNE?
Eu, nessa altura, era técnico superior no INE e o governo lembrou-se de que seria interessante ter alguém da estatística como membro da CNE. Consultaram dois ou três partidos e um deles disse que havia um fulano no INE que esteve no estrangeiro, que trabalhou no Instituto de Sociologia em Bruxelas. Assim, entrei como membro independente, porque a CNE tinha os comissários independentes e tinha, depois, os representantes dos partidos. Uma das primeiras coisas que notámos logo nas primeiras reuniões foi que era impossível fazer funcionar a Comissão com este tipo de mistura. Uma das primeiras decisões que propusemos ao governo foi que os representantes dos partidos saíssem da CNE.

É de Évora, estudou na cidade e tinha 25 anos no 25 de Abril. Vivia na Bélgica por razões políticas?
Sim, eu fui refugiado político. Saí de Portugal em julho de 1973 e estava no Instituto de Sociologia da Universidade de Bruxelas como investigador quando foi o 25 de Abril. Vim logo a seguir – já estava cá no 1.º de Maio – e depois fui eleito, pelos funcionários do INE, como um dos membros da Comissão de Direção do Instituto.

Leia mais em Diário de Notícias

Related posts
Mundo

Após COP26, mundo deve adotar ações rápidas para evitar catástrofe

ChinaPolítica

Como fica a nova dinâmica EUA-China com acordo climático

MundoSociedade

ONU alerta para forte aumento de pessoas à beira da fome

China

Biden acusa China de virar as costas à luta climática na COP26

Assine nossa Newsletter