Sonho

Sonho

A intenção dos afro-americanos parece ser conseguir mais direitos para a raça negra, eliminar todos os preconceitos que os brancos têm contra si e tornar-se finalmente em iguais detentores da sua nação.

Os EUA já tentaram fazer esta mudança, mas falharam. A primeira vez foi a 22 de setembro de 1862, quando o presidente Abraham Lincoln implementou a Proclamação de Emancipação durante a Guerra Civil do país. Nesse documento, Lincoln defendia que todos os escravos nos EUA, incluindo os que tinham sido condenados à morte, deviam ser livres.

Embora atualmente esta Proclamação de Emancipação seja considerada o início do movimento de defesa dos direitos humanos no país, apenas analisando os factos históricos podemos encontrar provas de que esta luta pela liberdade não passou de uma revolução industrial em que os capitalistas do Norte procuravam maior produtividade para competir com a mão de obra e potencial de consumo nas plantações do Sul. Esta é a triste verdade. 

Durante milhares de anos de história da Humanidade, a mão de obra foi regida por um chicote, porém, a revolução industrial e a produção automática vieram mudar esta realidade.

Durante milhares de anos de história da Humanidade, a mão de obra foi regida por um chicote, porém, a revolução industrial e a produção automática vieram mudar esta realidade.

Com um certo nível de eficiência de produção, o desejo pela expansão era infinito. No entanto, a mão de obra e o mercado eram limitados, por isso os escravos do Sul foram definidos como alvo. Esta foi a principal razão para o conflito da Guerra Civil.

No final, os capitalistas do Norte saíram vencedores, apelidando este movimento de “emancipação dos afroamericanos” ou uma vitória para o Homem negro. Mas será que foi? Simplesmente abandonaram os donos das plantações para trabalhar nas fábricas dos capitalistas. Mesmo com o recentemente adquirido direito de viver como um “ser humano” e alguns direitos políticos, em vez de agradecerem a Lincoln e aos capitalistas, os afroamericanos deveriam agradecer o facto de terem nascido durante o desenvolvimento do capitalismo. “Todos os Homens são criados iguais” é pouco mais que um sonho. 

Este artigo está disponível em: 繁體中文

Artigos relacionados
Opinião

Interesses mútuos

Opinião

Os problemas deixados por Abe

Opinião

Quem será o sucessor de Abe?

Opinião

Não desperdiçar comida

Assine nossa Newsletter