Rui Carreira: “Novas aeronaves trazem equilíbrio à frota da TAAG” - Plataforma Media

Rui Carreira: “Novas aeronaves trazem equilíbrio à frota da TAAG”

A TAAG – Linhas Aéreas de Angola apresenta, na segunda-feira, um novo logótipo, com a chegada a Luanda da primeira das seis aeronaves do tipo Dash8-400, adquiridas à companhia canadiana “De Havilland of Canada Limited”. Com a diversificação da frota, a companhia tem em mira a redução dos custos operacionais e a extensão do acesso aos voos domésticos a pessoas de baixa renda.Em entrevista exclusiva ao Jornal de Angola, Rui Carreira, presidente da Comissão Executiva da empresa, fala do plano de reestruturação e das medidas adoptadas para a mitigação dos efeitos da pandemia, que incluem o encerramento de rotas deficitárias.

Com o anúncio da chegada a Luanda, na segunda-feira, da primeira das seis aeronaves do tipo Dash-8, crescem as expectativas à volta da nova aquisição da TAAG. Que vantagens se podem esperar deste negócio para a companhia, mas sobretudo para o país?

A primeira grande vantagem é para o país. E se é bom para o país, é bom para a TAAG. Trata-se da diversificação da frota. Com uma frota mais diversificada, vamos ter a possibilidade de ir à procura de novos mercados. Esta aeronave está adaptada a segmentos de curtas distâncias e tem baixos custos operacionais. Quando falamos em baixos custos operacionais estamos a falar, essencialmente, da possibilidade de baixar o preço dos bilhetes, permitindo o acesso ao transporte aéreo a pessoas de baixa renda.

Leia mais em Jornal de Angola.

Artigos relacionados
AngolaSociedade

TAAG retoma segunda-feira voos com destino a Cabinda

AngolaEconomia

TAAG devolve mais de 118 milhões de kwanzas a clientes

AngolaSociedade

TAP e TAAG preparam mais oito voos Lisboa-Luanda até final de agosto

AngolaEconomia

TAAG passa a ser detida por três accionistas

Assine nossa Newsletter