"Não antevejo uma crise e sobretudo não antevejo uma crise irrecuperável" - Plataforma Media

“Não antevejo uma crise e sobretudo não antevejo uma crise irrecuperável”

A convicção de Domingos Soares de Oliveira, CEO do Benfica.

Domingos Soares de Oliveira, CEO do Benfica, concedeu este sábado uma entrevista ao canal do clube e abordou o impacto da pandemia no que toca a receitas.

“Do ponto de vista da quotização foi uma agradável surpresa. O que se passa ao nível da bilhética é impactante. E é tanto mais impactante quanto o teatro onde jogamos. O impacto para o Benfica será sempre maior do que será para os nossos rivais. O impacto nas receitas televisivas é nulo, e isso é positivo. O impacto das receitas das competições europeias será nulo, a não ser que haja uma situação complicada, e o impacto do ponto de vista de transações será moderado. Haverá menos e haverá transações por valores mais baixos, mas haverá transações. Do ponto de vista do futebol, avançar com este empréstimo obrigacionista é muito positivo, porque significa o retomar de alguma normalidade”.

Leia mais em O Jogo

Artigos relacionados
Desporto

Benfica empresta Florentino ao Mónaco por um ano

BrasilDesporto

Vieira à espera de vender Vinícius para voltar a atacar dupla do Flamengo

BrasilDesporto

Adeptos do Flamengo usam redes sociais para ironizar eliminação do Benfica na 'Champions'

DesportoPortugal

Costa reitera que apoio a benfiquista Vieira nada tem a ver com política

Assine nossa Newsletter