Angola registou o maior número de infeções num dia - Plataforma Media

Angola registou o maior número de infeções num dia

O registo de 32 casos positivos supera o anterior recorde de 18. Os actuais números elevam para 244 os casos confirmados

Secretário de Estado para a Saúde Pública, Franco Mufinda.
Fotografia: Edições Novembro| Arquivo

Os dados foram avançados, ontem, em Luanda, pelo secretário de Estado para a Saúde Pública, sublinhado que, dos 32 casos positivos, 28 registaram-se em Luanda e quatro no Cuanza-Norte, que passa a contar com oito infecções. Os doentes têm idades compreendidas entre os três e 82 anos, sendo 26 homens e seis mulheres.

Na tradicional sessão de actualização de dados da Covid-19, Franco Mufinda considerou a província de Luanda a mais afectada, desde o início da pandemia. O secretário de Estado esclareceu, ainda, que 26 casos estão sem vínculo epidemiológico e que os municípios do Cazenga, Talatona, Maianga, Belas e Ingombota são os que apresentam mais infecções da Covid-19.

De acordo com Franco Mufinda, 26 das 32 infecções registadas ontem, são contactos directos dos casos positivos diagnosticados com os números 133 (12), 146 (seis) e 217 (oito), detectados na última semana. Os pacientes encontram-se em quarentena institucional.  Dos 32 casos positivos, disse o governante, seis ainda estão sem vínculo epidemiológico e foram detectados nos centros de Saúde, no âmbito do rastreio em curso aos doentes, que procuram os serviços médicos.

Leia mais em Jornal de Angola

Artigos relacionados
DesportoPortugal

Movimento "Sem Adeptos Não Há Futebol" quer regresso aos estádios

BrasilPolítica

Um em cinco moradores de São Paulo admite não votar por medo do coronavírus

Cabo VerdeSociedade

Covid-19: Turismo parado levou cabo-verdianos de Chã das Caldeiras a pegarem nas enxadas

DesportoMacau

Michael Rutter: “Com quarentena de 14 dias não vamos ao Grande Prémio de Macau”

Assine nossa Newsletter