4 mil tartarugas morreram este ano na costa angolana - Plataforma Media

4 mil tartarugas morreram este ano na costa angolana

Este ano, morreram na costa angolana cerca de 4.000 tartarugas marinhas, disse ao Jornal de Angola a ministra da Cultura, Turismo e Ambiente tendo alertado que a densidade populacional deste animal regista um declínio, relacionado com a destruição dos ninhos e captura ilegal por parte dos predadores da espécie.

Adjany Costa, que falava por ocasião ao Dia Mundial das Tartarugas Marinhas (16 de Junho), disse que o órgão que dirige tem feito o resgate e enterro de tartarugas, que aparecem mortas ao longo da costa angolana, através de notificações do Serviço de Protecção Civil e Bombeiros. Em 2019, foram enterradas 11 tartarugas na província de Luanda sendo que a área de maior ocorrência foi na Ilha do Cabo, com o total de cinco.

A ministra fez menção a vários programas desenvolvidos no âmbito da conservação das tartarugas marinhas, entre eles o projecto “Kitabanga”, da Faculdade de Ciências da Universidade Agostinho Neto, em colaboração com o Ministério da Cultura, Turismo e Ambiente, que visa contribuir para o conhecimento e protecção destes animais.

Leia mais em Jornal de Angola

Related posts
Cabo Verde

Pescadores querem levar turistas a mergulhar com tartarugas

Mundo

Nove exemplares de tartaruga ameaçada de extinção nascem no Equador

Mundo

Diego, "sex symbol" e super-reprodutor, salvou a sua espécie

FuturoMundo

Tailândia com o maior número de ninhos de tartaruga em 20 anos

Assine nossa Newsletter