O cinema erótico japonês ajuda a desconfinar - Plataforma Media

O cinema erótico japonês ajuda a desconfinar

A novidade refrescante na reabertura do Cinema Nimas, em Lisboa, é um ciclo intitulado O Roman Porno da Nikkatsu. Filmes que não mostram tudo, mas exploram o erotismo de todas as maneiras.

Um género de cinema japonês, uma filosofia de produção, uma estratégia para levar os espectadores às salas escuras. Tudo isto cabe em duas palavras: “Roman Porno”. O termo designa uma série de filmes que o estúdio Nikkatsu, fundado em 1912, produziu no início dos anos 1970, numa altura em que a televisão começava a roubar público às salas de cinema. E, bem vistas as coisas, não é nada mal pensado, agora que à velha ameaça do pequeno ecrã se juntou uma pandemia, aceitar o convite provocador de um ciclo chamado O Roman Porno da Nikkatsu, que acaba por espelhar a intenção original desses filmes. A saber, atrair de novo as pessoas para o “desejo” do encontro com o grande ecrã.

Leia mais em Diário de Notícias

Related posts
MacauMundo

São ou não as vacinas perigosas a longo prazo?

MundoSociedade

Centro Europeu de Controlo de Doenças aceita vacinação em crianças

MundoSociedade

Especialistas recomendam autorização de pílula anticovid da Merck

MoçambiquePortugal

Embaixada de Portugal em Maputo anuncia voos de apoio ao regresso

Assine nossa Newsletter