Encerrada a primeira base militar da Renamo - Plataforma Media

Encerrada a primeira base militar da Renamo

Delegações do Governo, da Resistência Nacional Moçambicana (Renamo) e do Grupo de Contacto para a Paz oficializaram o encerramento da primeira base militar do principal partido da oposição, no âmbito do processo de paz no país.

“Hoje, tenho o prazer de informar que, no âmbito do reinício das actividades de Desmilitarização, Desarmamento e Reintegração (DDR), foi oficialmente encerrada a primeira base militar da Renamo”, referiu, em comunicado, Mirko Manzoni, enviado pessoal do Secretário-Geral das Nações Unidas para Moçambique e presidente do Grupo de Contacto.

Esta foi a primeira de 16 bases a encerrar, referiu fonte próxima do processo à Lusa.

O processo de DDR surge na sequência do acordo de paz assinado em Agosto de 2019, consolidando o cessar-fogo no conflito entre Governo e Renamo que persistiu até 2016 nalguns distritos do Centro do país.

Leia mais em Jornal de Angola

Relacionado com este tema:

Frelimo considera desarmamento da Renamo essencial

Este artigo está disponível em: English

Related posts
MoçambiquePolítica

UE e Moçambique lançam hoje projeto para a consolidação da paz

MundoPolítica

Governo afegão e talibãs estão muito longe de acordo de paz, segundo EUA

MoçambiquePolítica

Moçambique felicita Guterres e quer contribuir para a paz e segurança

Moçambique

Desaparecimento de jornalista ruandês em Maputo ressuscita fantasma do passado

Assine nossa Newsletter