Vacina contra peste suína africana mostra resultados iniciais positivos -

Vacina contra peste suína africana mostra resultados iniciais positivos

Uma vacina contra a peste suína africana mostrou resultados positivos nos primeiros testes, informou a Academia Chinesa de Ciências Agrícolas (ACCA) nesta quarta-feira.
A vacina, desenvolvida pelo Harbin Veterinary Research Institute, da CAAS, usa o vírus da peste suína africana excluído do gene como vacina atenuada viva em suínos, e foi aprovada para testes clínicos em março.

Desde abril, testes clínicos têm sido realizados em três bases de reprodução na Província de Heilongjiang, Província de Henan e Região Autônoma Uigur de Xinjiang. Cerca de 3 mil suínos receberam a vacina.

Até agora, os leitões vacinados cresceram normalmente e se desenvolveram sem efeitos adversos óbvios. Não foram encontradas alterações patológicas na anatomia dos suínos vacinados, e não foram encontradas diferenças óbvias entre o grupo vacinal e o grupo de controle. A taxa geral de mortalidade ficou abaixo de 1%.

Testes para a eficácia clínica da vacina ainda estão em andamento. A peste suína africana, descrita pela primeira vez no Quênia em 1921, é uma doença viral altamente contagiosa encontrada em suínos com taxas de mortalidade que se aproximam de 100%. Na última década, a doença se espalhou por muitos países, representando um sério risco de expansão.

Sem vacina ou tratamento disponível, o abate de suínos é a maneira mais eficaz de conter os surtos. Em outubro do ano passado, pesquisadores chineses relataram na revista Science que desvendaram a estrutura tridimensional do vírus da peste suína africana, estabelecendo uma base sólida para o desenvolvimento de vacinas eficazes e seguras contra a doença.

Related posts
Mundo

Pfizer-BioNTech solicitará autorização para a terceira dose da vacina

BrasilSociedade

Brasil autoriza importação da Sputnik V e Covaxin, mas com condicionantes

BrasilSociedade

Universidade brasileira pede para testar em humanos terceira vacina

MundoSociedade

EUA apoiam distribuição mundial de vacina a preço de custo

Assine nossa Newsletter