Exportações de vinhos portugueses crescem 2,1% - Plataforma Media

Exportações de vinhos portugueses crescem 2,1%

As exportações de vinhos portugueses aumentaram 2,1% no primeiro trimestre deste ano, para mais de 185 milhões de euros, face a igual período do ano passado, revelou hoje a Associação Interprofissional para a Promoção dos Vinhos de Portugal (ViniPortugal).

No primeiros três meses deste ano, a subida observada foi de 4,4% em volume, em termos homólogos, refere a ViniPortugal em comunicado, lembrando que estes são os dados mais recentes sobre o desempenho do setor vitivinícola.

Por grupo de mercados de destino das exportações, a União Europeia teve um comportamento oposto face ao registado nos designados países terceiros (que inclui, nomeadamente, países como os Estados Unidos, Canadá, Brasil e a China), ao registar uma queda de 14,4% em valor.

As exportações para os países terceiros, no período em análise, denotou um crescimento de 22,8%, para um valor próximo dos 99 milhões de euros, quando comparado com o primeiro trimestre do ano passado.

A ViniPortugal refere ainda que os países que apresentaram crescimentos de dois dígitos nas importações de vinhos portugueses são a Coreia do Sul (44,2%), México (34,7%), Estados Unidos (18,8%), Japão (15,4%) e o Canadá (12,0%).

No espaço da União Europeia o destaque vai para a Suécia, que teve um desempenho positivo, com um crescimento de 26,0% em valor, sendo que as maiores quedas verificaram-se na Dinamarca (-23,4%), na China (-29,7%), em Macau (-52,1%) e na Rússia (-36,6%).

De acordo com a ViniPortugal, a Coreia do Sul merece ser destacada por ser o destino de maior preço médio (6,21 euros), seguida por Hong Kong (5,82 euros), Dinamarca (4,59 euros) e por Macau (2,92 euros).

Na categoria espumantes verificou-se, em valor, uma queda menos significativa na União Europeia (-5,1%) e um crescimento muito significativo (57,2%) nos países terceiro.

O destaque nos mercados de exportação de espumantes vai para Angola (573 mil euros), Estados Unidos (154 mil euros) e Brasil (136 mil euros).

Já os crescimentos mais significativos no primeiro trimestre deste ano, na comparação com igual período do ano passado, verificaram-se com Angola (+473,0%), Noruega (+110%) e na Suíça (+84,8%).

A ViniPortugal tem como missão promover a imagem de Portugal enquanto produtor de vinhos, valorizando a marca “Vinhos de Portugal/Wines of Portugal” e contribuindo para um crescimento sustentado do volume e do preço médio dos vinhos portugueses.

Related posts
LifestyleLusofonia

Macau lança primeira carta de vinhos lusófonos recomendados

BrasilLifestyle

Com melhor safra no pior dos anos, vinhos de 2020 chegam ao mercado

LifestylePortugal

Taylor's associa-se à 20th Century Studios

LifestyleMundo

Há sete vinhos portugueses entre os 100 melhores do mundo

Assine nossa Newsletter