50 por cento dos angolanos tem menos de 18 anos - Plataforma Media

50 por cento dos angolanos tem menos de 18 anos

O Fundo das Nações Unidas para a Infância, UNICEF, felicita todas as crianças e famílias pela passagem de mais um Dia Internacional da Criança, apesar do ambiente de alguma incerteza e ansiedade que se vive devido à pandemia da Covid-19.

Segundo o documento de felicitação, chegado à redacção do Jornal de Angola, as crianças são a maioria da população angolana, pois, mais de cinquenta por cento tem menos de 18 anos de idade. Este dado, lê-se, nunca pode passar despercebido, refere-se a um grupo com necessidades específicas em todas as fases do seu desenvolvimento.

A nota indica ainda que o estudo sobre a pobreza infantil apresentado pelo Instituto Nacional de Estatística, em 2018, mostra que três em cada quatro crianças com menos de 18 anos não têm acesso a pelo menos três dos serviços essênciais para a sua sobrevivência e desenvolvimento nomeadamente, a nutrição, a saúde, protecção infantil, prevenção da malária, educação, exposição aos meios de comunicação social, habitação, água e saneamento.

Leia mais em Jornal de Angola

Este artigo está disponível em: English

Artigos relacionados
BrasilSociedade

Covid-19 mata duas crianças menores de 5 anos por dia no Brasil

MacauMacau

Crianças podem ser dispensadas de futuros testes em massa, dizem autoridades

MacauSociedade

Censos 2021: Macau com população mais velha e menor crescimento

Mundo

Países ricos colocam menores de todo o mundo em risco, acusa Unicef

Assine nossa Newsletter