Bolsonaro diz que OMS incentiva masturbação e homossexualidade de crianças - Plataforma Media

Bolsonaro diz que OMS incentiva masturbação e homossexualidade de crianças

Presidente do Brasil publicou texto sobre a organização em sua página no Facebook, mas apagou minutos depois.

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) acusou a OMS (Organização Mundial da Saúde), na noite de hoje, de incentivar a masturbação e a homossexualidade de crianças. Bolsonaro voltou atrás e apagou o post publicado em seu perfil no Facebook minutos depois.

“Essa é a Organização Mundial da Saúde (OMS) que muitos dizem que eu devo seguir no caso do coronavírus”, iniciou. “Deveríamos então seguir também diretrizes para políticas educacionais?”, completou.

Leia mais em Folha de S. Paulo

Artigos relacionados
ChinaSociedade

Covid-19: China defende a sua gestão após críticas de especialistas

Mundo

OMS: Mundo "está à beira de fracasso moral catastrófico"

BrasilMundo

Com Biden, Bolsonaro tenta demonstrar força na Amazónia com menos tropas

BrasilPolítica

Com aprovação de vacina, Bolsonaro cai e Doria cresce em popularidade digital

Assine nossa Newsletter