Deputado, juiz e polícias detidos num bar de Nairobi a violar a quarentena - Plataforma Media

Deputado, juiz e polícias detidos num bar de Nairobi a violar a quarentena

Apanhados a beber em bares. Tanto os bares como os clientes a violarem a quarentena no fim de semana da Páscoa. Foi em Nairobi, capital do Quénia. Nos vários raides policiais feitos a bares fora da lei, a polícia queniana encontrou diversos colegas, um deputado e um juiz nos copos, a ignorarem as restrições impostas por causa da pandemia de Covid-19, conta hoje a BBC.​​​

Foram detidos num rol de pessoas, desde proprietários dos estabelecimentos a clientes. A polícia recebeu dicas de cidadãos de que alguns bares estavam abertos e cheios. Depois disto, as autoridades já avisaram que vão fazer mais raides similares.

Até agora morreram oito pessoas no Quénia com coronavírus e há 208 infetados. O ministro da Saúde do país africano garantiu que o Governo tem capacidade para testar mais de 1000 pessoas por dia. O governante também avisou que o Estado não vai aliviar as medidas que incluem recolher obrigatório de noite até de madrugada, restrições às viagens dentro e fora do quatro condados mais afetados e limites a ajuntamentos públicos.

Related posts
MundoSociedade

O mercado negro onde bebés roubados são vendidos por um punhado de dólares

Mundo

Alterações climáticas ameaçam biodiversidade no Quénia

Mundo

Lagos do Quénia atingem níveis destrutivos à "velocidade do vento"

Sociedade

Casos caem para menos de 500 na parte continental da China

Assine nossa Newsletter