Presidente do Equador reduz salário em 50% enquanto durar a pandemia - Plataforma Media

Presidente do Equador reduz salário em 50% enquanto durar a pandemia

Lenín Moreno, presidente do Equador, anunciou este domingo uma medida inédita através da sua conta de Twitter. O governante daquele país da América do Sul assumiu que está disponível para reduzir 50% do seu salário, enquanto durar a pandemia de coronavírus.

No entanto, Lenín Moreno foi mesmo mais longe no seu anúncio, pois todos os elementos do gabinete governativo – vice-presidente, ministros, vice-ministros, governadores e membros da Assembleia Nacional – terão também uma redução de 50% dos respetivos salários.

Leia mais em Diário de Notícias

Related posts
MundoSociedade

Nova variante da Covid é detetada na África do Sul

MundoPolítica

Primeiro-ministro francês dá positivo ao novo coronavirus

MundoSociedade

Rastreios de VIH pode aumentar infeções por décadas

ChinaSociedade

China deve aprovar o primeiro medicamento contra o vírus

Assine nossa Newsletter