Sílvia Lutucuta: Cerco sanitário deve manter-se em todo o país - Plataforma Media

Sílvia Lutucuta: Cerco sanitário deve manter-se em todo o país

Dos 19 casos positivos da pandemia, 15 são activos, dois recuperados e igual número de óbitos. Sílvia Lutucuta explicou que os dois indivíduos estavam internados nos centros de quarentena institucional e apresentavam um quadro clínico assintomático. Actualmente, acrescentou, os mesmos estão a ser acompanhados no centro de tratamento da Barra do Kwanza. “O Instituto de Investigação em Ciências da Saúde, o único laboratório de referência a nível do país, processou, até ontem, 1.094 amostras, sendo que 165 estão em processamento”, referiu a ministra.

Cerco sanitário

A ministra defendeu a continuação do cerco sanitário em todo país. “Angola já tem países vizinhos com circulação comunitária da Covid-19 como é a Namíbia, mas e estamos atentos aos casos na RDC e Zâmbia”, disse a ministra, para acrescentar: “É importante termos a certeza que não há mobilidade até termos mais informações sobre o comportamento da pandemia no país e reduzir a circulação de uma província para outra. E a medida acertada foi fazer o cerco territorial”.

Leia mais em Jornal de Angola.

Related posts
MundoSociedade

Metade dos recuperados apresentam sintomas de “covid longa”

EconomiaMacau

Deputados acusam Governo de ignorar vários grupos demográficos

MundoPolítica

Presidente de Peru nomeia ambientalista para chefiar novo gabinete

MacauSociedade

Há novas regras para quem viaje para Macau

Assine nossa Newsletter