Chegam aviões da China com máscaras, testes e ventiladores, pagos pela comunidade chinesa - Plataforma Media

Chegam aviões da China com máscaras, testes e ventiladores, pagos pela comunidade chinesa

A comunidade chinesa em Portugal é, agora, uma das grandes ajudas na proteção contra a epidemia. Aproveitando o que sempre fizeram – comércio – e o facto de a China ser um dos principais fornecedores de material médico, como máscaras, fatos e até ventiladores, estão a usar os seus contactos para trazer muitos destes produtos para oferecer a Portugal e para reunir donativos para comprar esses artigos para doar aos hospitais.

“No início da pandemia na China, a comunidade chinesa fez duas coisas: juntou dinheiro e comprou máscaras, desinfetante, para enviar para Wuhan, onde começou o surto, e organizou-se em Portugal para que os chineses que regressassem da China fizessem a quarentena“, conta a professora de mandarim, Wang Suoying. Com o vírus a chegar a Portugal, a comunidade voltou-se para o país onde vive. “A situação mudou, temos tido muitos pedidos de materiais, e todos se uniram para juntar dinheiro e comprar esses materiais para os hospitais e outras instituições portuguesas. Quem vive cá, também deve ajudar o país, ajudamo-nos uns aos outros”, diz Wang .

Leia mais em Diário de Notícias

Related posts
MundoPolítica

Oposição em Myanmar denuncia vaga de Covid "fora de controlo" e pede ajuda urgente à ONU

BrasilDesporto

Detetado foco de contágio de Covid no hotel dos atletas brasileiros no Japão

MundoSociedade

Nova vaga de Covid-19 exige resposta internacional de emergência no Myanmar

MundoSociedade

França e Grécia anunciam vacinação obrigatória de profissionais de saúde

Assine nossa Newsletter